Clivagem abstemiológica

A CLIVAGEM é o estudo da divisão ou separação de um fenômeno para poder compreendê-lo de modo fragmentado. Existe clivagem embrionária (divisões celulares), social (grupos e subgrupos sociais), linguística (sintaxe da língua), mineral (planos e faces) e psicológica (ego). Entretanto, como ocorre a clivagem da abstinência? É possível fragmentar a abstinência para compreender esse fenômeno? Penso que sim e, neste breve estudo, analisaremos isto.

Internação involuntária

Abordagem policial, inscrição em cartório por dívida, intimação para depor, busca e apreensão decretada pela Justiça, demissão de emprego por justa causa, internamento por dependência química ou alcoolismo são formas de constrangimento, mas são legais. Sem dúvida, internamento é muito constrangedor, principalmente para a família e para o acolhido, mas é legal, moral, ético e necessário.

CARACTERÍSTICAS ABSTEMIOLÓGICAS DO “SÓ POR HOJE”

Tenho certeza de que você já ouviu alguém falar a expressão “só por hoje” ou visualizou em algum texto a abreviatura “SPH”. Essa máxima é muito utilizada por abstêmios, comunidades terapêuticas, clínicas e grupos anônimos, mas, por vezes, sofre uma banalização e deixa de refletir toda sua grandeza. Nesse estudo faremos uma análise mais detalhada… Continuar lendo CARACTERÍSTICAS ABSTEMIOLÓGICAS DO “SÓ POR HOJE”

publicado
Categorizado como NOVIDADES

INVERSÃO DA PROBABILIDADE DE RECAÍDA EM RELAÇÃO AO TEMPO ABSTÊMIO

Convido o leitor a fazer uma aposta. Imagine dois abstêmios. O primeiro consiste num abstêmio com pouquíssimo tempo de abstinência (30 dias, 60 dias ou 90 dias, por exemplo). O segundo abstêmio, entretanto, possui grande tempo de abstinência (20 anos, 25 anos ou 30 anos, por exemplo). Nesse caso, especificamente, ambos os abstêmios possuem o… Continuar lendo INVERSÃO DA PROBABILIDADE DE RECAÍDA EM RELAÇÃO AO TEMPO ABSTÊMIO

publicado
Categorizado como NOVIDADES

O LADO BOM DA FISSURA

Neste momento, sem se preocupar com definições técnicas, podemos entender a FISSURA com sendo uma vontade de usar drogas/álcool. Por óbvio, existem diversas etapas que fazem parte do caminho da fissura (pathway of craving), tais como: acionamento de gatilhos, fissura assintomática, fissura sintomática e recaída. Embora existam centenas de formas de diagramar esse caminho é comum que… Continuar lendo O LADO BOM DA FISSURA

publicado
Categorizado como NOVIDADES

Apologia abstêmia

APOLOGIA ABSTÊMIA Tema interessante. Será que assistir a uma palestra contra o uso de drogas/álcool causa o mesmo impacto da palestra sobre abstinência? Vamos analisar isso com mais cuidado e entender que “ser contra alguma coisa” não significa que “sejamos a favor de outra”. É atribuída a MADRE TERESA DE CALCUTÁ a célebre frase: “NUNCA… Continuar lendo Apologia abstêmia

publicado
Categorizado como NOVIDADES

Terapeutas da drogadição ou Terapeutas da Vida Abstêmia?

Os termos técnicos utilizados na área da dependência química ou alcoólica não podem ser simplesmente transferidos para o estudo da Vida Abstêmia. Aliás, conforme explica a teoria da adjetivação da abstinência[1], muitas expressões utilizadas em diversas ciências devem ser adjetivadas para poderem refletir o real significado abstemiológico. Por exemplo, limites físicos ou emocionais é algo… Continuar lendo Terapeutas da drogadição ou Terapeutas da Vida Abstêmia?

publicado
Categorizado como NOVIDADES

Outro equívoco mencionado constantemente: “sua recaída teve efeitos leves, foi apenas um lapso!”

Outro equívoco mencionado constantemente: “sua recaída teve efeitos leves, foi apenas um lapso!” Se o seu terapeuta falou a frase acima, mude de terapeuta imediatamente. Por que é errado afirmar que existe LAPSO? Antes de tudo, vamos fixar a seguinte tese: todo processo de recaída é gravíssimo e essa premissa é irrefutável. Desse modo, não… Continuar lendo Outro equívoco mencionado constantemente: “sua recaída teve efeitos leves, foi apenas um lapso!”

publicado
Categorizado como NOVIDADES

O PROBLEMA DO AMADORISMO NO TRATAMENTO DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA

Bricolagem abstemiológica: o problema do amadorismo no tratamento da dependência química e do alcoolismo “O hábito é o grande guia da vida humana” (DAVID HUME, 1711-1776). O termo BRICOLAGEM tem origem na palavra francesa “bricolage” e serve para designar serviços, produtos ou bens produzidos de forma amadora[1]. O termo surgiu na França e deve-se ao fato de… Continuar lendo O PROBLEMA DO AMADORISMO NO TRATAMENTO DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA

publicado
Categorizado como NOVIDADES

ABSTÊMIO DO MODELO ONE STEP

O abstêmio do modelo one step corresponde a apenas um dos modelos dos fenômenos abstêmios atípicos que podem ser, além deste modelo, o abstêmio superman ou mulher maravilha, abstêmio never relapse, abstêmio wundermittel e abstêmio por trauma. Indo direto ao ponto, o abstêmio do modelo one step aplica somente uma técnica ou “um passo” para manter-se abstêmio, ou seja, deixa de lado inúmeras técnicas abstemiológicas, mecanismos de manutenção da… Continuar lendo ABSTÊMIO DO MODELO ONE STEP

publicado
Categorizado como NOVIDADES

Como superar a dependência, na prática, se nem a Teoria você sabe?

Curso completo contendo análise de 32 (trinta e duas) Teorias Abstemiológicas, inteiramente online, certificado e ministrado pelo próprio autor do livro. A abstemiologia, como visto no decorrer da obra Teorias abstemiológicas, fundamenta-se no tripé: abstêmio, processo abstêmio e abstinência. As diversas teorias abstemiológicas apresentadas neste estudo se referem a cada um destes pilares. Por óbvio,… Continuar lendo Como superar a dependência, na prática, se nem a Teoria você sabe?

publicado
Categorizado como NOVIDADES

APRESENTAÇÃO DOS 16 (DEZESSEIS) VÉRTICES DA ESCADA ABSTÊMIA

Nos próximos estudos será realizada uma análise aprofundada sobre os elementos que compõem a escada abstêmia. Porém, nesse momento, faremos somente uma breve introdução ao tema. A escada abstemiológica completa possui 16 (dezesseis) pontos que são denominados VÉRTICES, 05 (cinco) intervalos que são denominados DELAYS e 06 degraus que correspondem a cada uma das GRADAÇÕES ABSTEMIOLÓGICAS. Na imagem deste estudo estão representados (somente) os 16 VÉRTICES… Continuar lendo APRESENTAÇÃO DOS 16 (DEZESSEIS) VÉRTICES DA ESCADA ABSTÊMIA

publicado
Categorizado como NOVIDADES

TEORIA DO PÊNDULO ABSTÊMIO 

Antes de analisar a TEORIA DO PÊNDULO ABSTÊMIO é necessário entender outro tema, qual seja, a amplitude da jornada abstêmia. A ideia de amplitude abstêmia se relaciona com os limites do caminho abstêmio, ou seja, a elasticidade do processo abstêmio. Quando o abstêmio estiver muito próximo de retornar ao processo de adicção ele estará no LIMITE ABSTÊMIO INFERIOR OU ANTERIOR. Por… Continuar lendo TEORIA DO PÊNDULO ABSTÊMIO 

publicado
Categorizado como NOVIDADES

Como favorecer economicamente as pessoas que não consomem álcool ou drogas?

Políticas Públicas Abstemiológicas ou Jus abstemius Atualmente, o foco político e social está situado no combate e na prevenção ao consumo de drogas/álcool. É de domínio público a informação de que essas políticas apresentam resultados positivos, mas limitados. Assim, pode-se notar a existência do aumento do consumo de álcool/drogas e até mesmo um incentivo à… Continuar lendo Como favorecer economicamente as pessoas que não consomem álcool ou drogas?